HOME

 

EQUIPE

CHIE

FILOSOFIA

QUEM SOMOS

Uma suave brisa, vegetação aconchegante a beira de um lago, sentado desfruto e contemplo...

 

Esta visão tomou conta do meu ser em uma tarde de sábado de 1992, voltando de um jogo de futebol, dirigindo pela marginal Pinheiros. Parei o carro e comecei a chorar de emoção com a certeza de era aquilo que eu deveria fazer, um espaço para as pessoas se conectarem com sua dimensão espiritual por meio da atividade física.

 

Naquele momento, não sabia, mas nascia a CHIE.

 

Eu estava recém-casado, pai da Ananda e com o Pedro a caminho, era gerente financeiro da Método Engenharia, e com recorrência era invadido por um incômodo existencial do que ser na vida.

 

A princípio a busca era externa, achava que tinha de encontrar um terreno onde construir este centro, mas mal tinha dinheiro para a minha sobrevivência, comecei a estudar e falar com as pessoas sobre esta visão.

 

Um dia, olhando livros em uma livraria, me deparo com um titulo: “O Corpo sem idade”, de Chris Griscom, folheio e me encanto, dizendo, é isso! Entusiasmado, escrevo um fax (sim, era 1994) para o The Light Institute, em Galisteo, falando do meu projeto, duas horas depois, recebo uma resposta dizendo que Chris Griscom estaria no Brasil naquele final de semana. este é o poder da Visão, abrir situações para ter saudades do futuro.

 

Vou até São Pedro da Aldeia e participo com a Chris de um brilhante workshop sobre abundância. Entusiasmado, comento com ela sobre o meu projeto e ela me convida para participar, em  Galisteo,  de um workshop sobre Propósito de Vida e me diz: “realize o projeto dentro de você, quando ele estiver maduro dentro o fora se manifesta”.

 

Sim, dez anos depois dessa minha experiência , eu comecei a facilitar workshops sobre Propósito de Vida.

 

E foi assim, que aprofundei ainda mais meu trabalho interno e a CHIE foi crescendo dentro de mim e hibernando fora de mim.

 

Naquele momento, CHIE significava Centro Holístico de Integração Esportiva e Espiritual. Certo dia, compartilhando a ideia com uma pessoa da Eubiose, ele me sugere usar o “CHI” da energia vital da medicina chinesa, e o nome ganha uma outra perspectiva, mas definitivamente ainda hiberna.

 

O poder da visão inicial e do meu trabalho interno começam a produzir transformações na minha vida: de financeiro, para presidente do Hopi Hari, depois a DBM,  a Natura e o Fleury. Uma separação e um novo casamento. Algumas formações, muitas viagens, muito trabalho terapêutico e espiritual, e o convívio com Dr. Reynaldo.

 

Como elo conectando e entremeando estas transformações, o aprofundamento da minha sintonia com meu propósito de vida, do meu trabalho interior e a integração do meu ser em suas múltiplas dimensões, processo e jornada permanente e em continuidade.

 

Quando deixo a vida executiva há dois anos e começo meu projeto, retomo a CHIE, em um primeiro momento formalmente para faturamento com os primeiros clientes, porém ainda sem clareza de como contar para o mundo. Dois anos depois, é hora!

 

Existe um ciclo infinito de involução e evolução, microciclos como a respiração e macrociclos como a existência do universo. CHI, PRANA, Inspire, Inspiração, cada vez que inspiramos nos enchemos de vida e involuímos, como um recém-nascido ou o big bang.

 

E, evolução, educação, expiração, cada vez que expiramos, morremos um pouco, nos esvaziamos, tomamos contato com o silêncio, e ansiamos nos reconectar e voltar para casa.

 

CHIE, Evolução e Involução, ciclos de transformação de pessoas em suas relações que promovem o desenvolvimento das organizações.

Marcelo Cardoso

A Chie se propõe a influenciar um ecossistema de parceiros em diversos papéis que compartilham o propósito de contribuir para a transformação da sociedade por meio das organizações que evoluem pela transformação das pessoas e suas relações no contexto do trabalho.

CHIE

Desenvolvido por Inspiração Produções